atualidades   / Coronavírus

Bolsonarista que foi em manifestação morreu com suspeita de Covid-19

Professor da Universidade Federal de Alagoas participou de atos contra isolamento social

Bruno Silva Publicado terça 19 maio, 2020

Professor da Universidade Federal de Alagoas participou de atos contra isolamento social
Angelo Antônio Cavalcante Martins era professor da Ufal e faleceu no último fim de semana - Reprodução
Gostou dessa? Clica aqui

Uma morte acontecida em Alagoas no último fim de semana por suspeita de Covid-19 impressionou pelo contexto da vítima envolvida. Angelo Antônio Cavalcante Martins era professor da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade. Ele participou de atos no dia 19 de abril , data da celebração do exército, que pediam intervenção militar e contra o isolamento social.

Na manifestação, que ocorreu em frente ao quartel do Exército, no bairro do Farol, em Maceió, o grupo vesido com as cores e bandeiras do Brasil reivindicou o fim do isolamento social, o fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF), do Congresso Nacional e pediu intervenção militar por meio do Ato Institucional 5 (AI-5).

A morte foi comunicada pela associação de docentes da universidade, que lamentou e mandou  “condolências aos familiares e amigos pela difícil perda”. A associação ainda afirmou que o sepultamento foi realizado na manhã de domingo (17) no Campo Santo Parque das Flores, de "forma bastante reservada, devido à suspeita de contágio da Covid-19".

Confira a nota da Adufal

A Associação dos Docentes da Universidade Federal de Alagoas (Adufal) informa, com grande pesar, o falecimento do professor da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEAC) da Ufal, Angelo Antônio Cavalcante Martins, ocorrido na madrugada deste domingo (17).

A entidade manifesta condolências aos familiares e amigos pela difícil perda.

Último acesso: 06 Jun 2020 - 11:42:47 (1052168).