Connect with us

Hi, what are you looking for?

Televisão

Globo anuncia decisão sobre política em comunicado interno

Emissora proíbe manifestações políticas de seu elenco

TV Globo emitiu comunicado explicando orientações internas sobre manifestações políticas (Reprodução)
TV Globo emitiu comunicado explicando orientações internas sobre manifestações políticas (Reprodução)

Nesta quarta-feira (24), a Globo realizou uma reunião de forma remota com artistas do elenco de produções que estão no ar ou que terão estreia em breve para instruí-los sobre as condutas que deverão ser adotadas durante a campanha eleitoral. As informações são do colunista do Splash, Lucas Pasin. Os atores foram orientados para evitar manifestações políticas e também não subir em palanques.

Ainda de acordo com o veículo, Marcos Veras, Marcos Caruso, Tonico Pereira, Rosamaria Murtinho e Flávia Reis eram alguns dos presentes na reunião. Eles foram procurados e não se manifestaram sobre o direcionamento da emissora.

Advertisement. Scroll to continue reading.

A Globo emitiu um comunicado ao Splash e detalhou as orientações que foram passadas para o seu casting. A emissora negou que exista proibição de manifestações políticas pessoais dos artistas e disse que os profissionais podem se expressar a respeito das eleições, desde que a empresa não seja vinculada.

“A Globo cumpre rigorosamente a legislação eleitoral e tem uma política interna sobre eleições alinhada à sua posição de neutralidade e isenção. A Globo reitera que não apoia qualquer candidato e que, em questões eleitorais, se limita a realizar a cobertura jornalística das eleições, seguindo seus Princípios Editoriais. Por isso, nos períodos eleitorais, conversamos com os profissionais do nosso casting para relembrá-los sobre as regras que, entre outras restrições, impedem que contratados da empresa que desejem se candidatar estejam no ar em qualquer programa. Não existe proibição de manifestações políticas pessoais dos talentos artísticos, desde que não vinculadas à Globo, inclusive em eventos presenciais e nas redes sociais”, começou.

Advertisement. Scroll to continue reading.

A nota diz que as manifestações não podem envolver ativos da Globo, como instalações da empresa, cenários e figurinos de personagens, etc. “Não são permitidas manifestações de apoio a partido ou candidato em propagandas eleitorais no rádio e na televisão. Essas regras são essenciais para que não seja comprometida a percepção do público sobre a isenção da empresa. Aos jornalistas, no entanto, pela natureza da função, são vedadas manifestações de apoio eleitoral em quaisquer instâncias”, finalizou.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Recomendadas

Atualidades

Anúncio foi feito nesta quinta (1) após pesquisa de tendência

Televisão

Internautas criticaram forte a postura do narrador com a comentarista nas transmissões

Televisão

Apresentadora não aguentou ao rever cena hilária com jogador de Gana

Música

Vendas para o último show iniciaram a partir das 12h desta quinta-feira (01/12)

Famosos

Cantor confirmou que vai registrar participação com a ex no "The Masked Singer"

Famosos

Atriz ostenta beleza e visual com cabelos cacheados e ganha elogios

Especial para você

Televisão

Internautas criticaram forte a postura do narrador com a comentarista nas transmissões

Esporte

Globo não irá mais transmitir todos os jogos ao vivo

Televisão

Isabela Camargo não conseguiu se segurar em entrada ao vivo no "Em Pauta"

Televisão

Segundo site, direção da emissora discutiu a possibilidade de excluir o personagem

Televisão

Locutor foi substituído às pressas pela Globo

Televisão

Em nota, Corpo de Bombeiros diz que ainda não há informações de feridos

Novelas

Nicolas Prattes é um dos afetados, emissora criou novo protocolo

Televisão

Edição especial do "Bem, Amigos" foi adiada por tempo indeterminado

Advertisement