Connect with us

Hi, what are you looking for?

Cinema

Michael Gambon, o Dumbledore de Harry Potter, morre aos 82 anos

Michael Gambom morreu por complicações em decorrência de uma pneumonia

Michael Gambom, na pela de Alvo Dumbledore em "Harry Potter"
Michael Gambom, na pela de Alvo Dumbledore em "Harry Potter" (Divulgação)

O veterano ator Michael Gambon, amplamente reconhecido por sua icônica interpretação de Alvo Dumbledore na franquia “Harry Potter“, faleceu aos 82 anos de idade, conforme anunciado oficialmente pela sua família nesta quinta-feira (28/9).

Segundo o comunicado de seu representante, Clair Dobbs, Michael Gambon nos deixou devido a complicações decorrentes de uma pneumonia. O ator estava no hospital no momento de seu falecimento, acompanhado de sua esposa Anne Miller e de seu filho Fergus. A família solicita respeito à sua privacidade neste momento de profunda tristeza e expressa gratidão pelas mensagens de apoio e carinho recebidas.

Nascido em Dublin e imigrante no Reino Unido desde os cinco anos de idade, em 1945, Michael Gambon iniciou sua jornada artística no Teatro Nacional, sob a direção de Laurence Olivier. Sua versatilidade o levou a desempenhar diversos papéis notáveis, especialmente sob a direção de Alan Ayckbourn em “Bedroom Farce.” O ápice de sua carreira teatral ocorreu quando interpretou John Dexter em “Galileo” (1980).

Michael Gambom – além de Dumbledore

Gambon deixou uma marca indelével no cenário teatral britânico ao atuar em papéis emblemáticos como Rei Lear, Othello, Mark Anthony e Volpone, apresentando-se no Teatro Nacional Real e no RSC. Sua excelência artística foi devidamente reconhecida quando recebeu o título de “Sir” da Rainha Elizabeth II.

No entanto, seu legado também se estende ao cinema, onde ficou imortalizado como Alvo Dumbledore a partir do terceiro filme da série “Harry Potter“, “Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban” (2004). Sua presença no mundo cinematográfico inclui papéis em filmes notáveis como “Amazin Grace” (2006), “O Livro de Eli” (2010), “O Quarteto” (2012), “Kingsman: O Círculo Dourado” (2017), bem como em produções recentes como “Judy” e “Knives Out“, ambos lançados em 2019.

A partida de Michael Gambon é profundamente sentida na comunidade artística e entre seus admiradores, deixando um vazio que não será facilmente preenchido. Seu talento inigualável e contribuições à cultura cinematográfica e teatral permanecerão como um legado duradouro.

Advertisement

Recomendas

Séries

Explicado o enigma da origem dos ovos de Game of Thrones presenteados à Daenerys

Esporte

Brasil passa sufoco, mas consegue empatar com Colômbia

Música

Cantora Pitty teve emergência médica e cancela shows

Séries

A Casa do Dragão: Fabien Frankel e a evolução de sor Criston Cole

Últimas

Tudo Sobre

Saiba como é o universo de Westeros 200 anos antes de Game of Thrones

Séries

Mudanças de visual em House of the Dragon agrada fãs do ator

Televisão

Comentaristas entram em barraco ao vivo na Globo

Esporte

Com reservas, e um jogador a menos, Palmeiras humilha e dá Olé

Horóscopo

Previsão dos Astros para Hoje, 1º de julho

Especial para você

Cinema

Preparem-se para uma estrondosa revelação de um plágio cósmico e mágico

Cinema

O elenco mágico de Harry Potter era talentoso e diversificado

Cinema

A saga Harry Potter criou um universo mágico que encantou adultos e crianças

Cinema

A autora contemporânea que deixou uma marca profunda na literatura e no cinema

Cinema

Michael Gambon ficou muito conhecido pelos jovens após sua participação em Harry Potter como Dumbledore

Música

Concerto Candlelight acontece no dia 1 de novembro, no teatro B32

Televisão

O tão aguardado retorno dos personagens de Harry Potter está agendado para estrear em 1º de janeiro no HBO Max

Advertisement