tv   / Revolta

Ana Maria Braga abre o verbo contra caso de PM agressor

Apresentadora inicou o programa da última quinta (21) falando sobre o caso

Bruno Silva Publicado sexta 22 março, 2019

Apresentadora inicou o programa da última quinta (21) falando sobre o caso
Ana MAria Braga ficou revoltada com as imagens das agressões em Curicica - Reprodução TV Globo

Na última quinta-feira (21) a apresentadora Ana Maria Braga externou toda sua indignação com o caso inacreditável de um PM em Curicia no Rio de Janeiro que AGREDIU funcionários de uma lanchonete, inclusive uma mulher que trabalhava no caixa do estabelecimento.

Após a reprodução das imagens revoltantes das agressões captadas pelas câmeras de segurança, Ana Maria ressaltou sua revolta com todas as letras:

“É uma indignação danada. Não posso deixar de dizer, mais um caso de violência gratuita. Um daqueles casos que a gente pensa: onde vamos parar? Do que é feita a massa humana? Do que é feita a cabeça ou coração de algumas pessoas?”.

A apresentadora até pediu desculpas ao público por começar o programa, que sempre traz mensagens positivas, daquela forma.

 “O cara vem da casa dele… Por que não reclamou como um cidadão, como gente? Como confiar num cara desse? Não vou nem dizer quais serão as medidas que eu sugeriria necessárias, mas sem dúvida esse não é um cara para estar na rua. Não quero encontrar esse cara em lugar nenhum. A morte parece tão banal, mas não é. Isso não pode acontecer. A gente espera satisfação para a sociedade para saber as medidas necessárias que serão adotadas com esse senhor, se é que posso chamá-lo de ser humano”, finalizou Ana Maria.

Parabéns a Ana Maria por um posicionamento tão seguro diante de uma situação tão revoltante. Falou por todos nós!

 

Último acesso: 29 May 2020 - 17:48:39 (1048106).