Connect with us

Hi, what are you looking for?

Música

Mano Brown diz que mudou, mas dispara: “Me vendi para quem?”

Astro do rap nacional abriu o coração em entrevista reveladora

Mano Brown deu rara entrevista na carreira
Mano Brown deu rara entrevista na carreira (Foto: Reprodução/Instagram/JefDelgado)
Nattan estará de volta aos palcos em março
Música

Nattan revela saudade dos palcos e define data de retorno

Ana Castela está de férias na Colômbia
Música

Ana Castela eleva a temperatura com novas fotos de biquíni

Sempre muito discreto em todas as suas aparições, Mano Brown deu uma rara entrevista nesta semana. Eleito “Ícone do Ano”, o rapper conversou com a revista GQ Brasil e abriu o coração. Porém, ele manteve a postura já conhecida por todos nós e mandou forte recado para os críticos. Questionado se mudou seu comportamento, o artista disse que sim, mas negou que tenha se vendido para o sistema.

Não sou o Brown de trinta anos atrás. Carta de alforria foi assinada em 1888. E não vem apontar o dedo dizendo que me vendi para o sistema. Para com isso, pelo amor de Deus. Me vendi para quem?“, disparou Mano Brown ao responder as críticas de que não é mais o mesmo rapper de anos atrás.

O nosso maior prêmio é colocar os pretos para estudar. Essa é a luta dos Racionais, do Sabotage, do Facção Central, do MV Bill, do Dexter, do RZO, do Djonga, do Emicida e de tantos outros. O nosso maior prêmio; o resto é disfarce e teatro. Roupa da Louis Vuitton, Gucci, isso vira entretenimento, mas não a finalidade. Precisamos colocar o nosso povo no caminho do conhecimento, porque essa é a riqueza que vai libertar“.

COMO É SER MANO BROWN?

Há muita crítica também. Dizem que ganhei o prêmio de ‘honoris causa’ como um favor do Lula por apoiá-lo na eleição. Recebo críticas de evangélicos, bolsonaristas e até mesmo amigos que envelheceram e acabaram caretas. Mas é isso, as pessoas mudam. Eu também mudei, porque se continuasse com o pensamento de quando tinha 20 anos não teria chegado nem aos 30, muito menos aos 53“, explicou.

Eu não tinha cabeça para ser nada, e não falo isso por falsa modéstia. Vejo muitos dos nossos vivendo a mesma situação e a sociedade os enxerga como preguiçosos. Eu fui esse cara sem luz nenhuma. Um menino bom assediado pelo mal. Continuarei sendo o mesmo cara. E talvez o mesmo cara não seja o doutor que as pessoas esperam“, concluiu o astro Mano Brown.

Completo apaixonado por esportes. Da bola rolando às manobras mais radicais do skate e surfe. Formado em Jornalismo e com experiência em texto, edição e redes sociais, e passagem por sites de esporte. Escreve sobre esportes e traz aquelas novidades dos atletas dentro e fora dos torneios. Nas horas vagas sofre com o Santos FC.

Advertisement

Recomendadas

Tecnologia

Chatbot no atendimento ao cliente pode cortar 700 empregados

Big Brother Brasil

Motorista de aplicativo não conseguiu reconhecer a visita na casa

Esporte

Astro da NBA teve atuação histórica diante do maior rival

Novelas

Mocinha esconderá o assassinato em um primeiro momento

Tecnologia

Empresa rejeitou a sugestão para que um relatório fosse organizado

Novelas

Novelas

Rapper levou o clima de amor da novela para a vida real

Novelas

Garoto terá conversa séria com José Inocêncio depois do que viu

Novelas

Rapper vai dar vida a um matador e promete muitas cenas agitadas

Novelas

Garoto ficará incomodado com o romance entre Mariana e José Inocêncio

Novelas

Atriz fez texto emocionante para se despedir da personagem

Veja outras relacionadas

Famosos

Cantor estreia terceira temporada do podcast "Mano a Mano"

Música

"Racionais: Das Ruas de São Paulo pro Mundo" mostra trajetória do mais influente grupo de rap do país

Televisão

Netflix terá em 2022 produções brasileiras com diferentes formatos e gêneros

Música

Líder do Racionais MC falou sobre política e disparou sua opinião em cima do palco