Connect with us

Hi, what are you looking for?

Famosos

Lucas e Orelha: ‘Em algumas horas as coisas apertaram de verdade, chegamos a passar fome!’

lucas-e-orelha:-‘em-algumas-horas-as-coisas-apertaram-de-verdade,-chegamos-a-passar-fome!’

Agora, os vencedores da segunda edição do SuperStar estão com a agenda bombando e abrem o coração sobre sucesso, assédio, família e sonhos

Desde junho do ano passado, a carreira da dupla Lucas e Orelha decolou…
Os dois venceram a segunda edição do programa SuperStar e vêm conquistando cada
vez mais espaço no cenário musical. O primeiro CD, Vamo Além, chegou às lojas
em março e está estourando nas rádios enquanto os shows lotam. Além disso, o
clipe de Preta Perfeita, lançado há sete meses no Youtube, exibia mais de 10
milhões de views na terça-feira, dia 14.

Nascidos em Salvador (BA), Lucas Arcanjo, 20, e Rick Orelha, 18, se
conheceram na escola, e lá também começou o sonho de viver da música. Os
rapazes dividiram o valor do prêmio de R$ 250 mil, além do contrato com a
gravadora Som Livre, e ajudaram em casa. Vem acompanhar a história desses dois
artistas guerreiros!

 

TITITI – O que o SuperStar mudou na vida de
vocês?

Lucas – O programa nos deu visibilidade para podermos mostrar
nosso trabalho. Foi uma benção de Deus, mudou a situação financeira e social. E a carreira melhorou pra caramba.

Orelha – Foi prazeroso, aprendemos e ganhamos reconhecimento. Foi
surreal, demais! O que a gente não tinha condições antes, tem um pouco agora,
mas pode melhorar muito mais ainda (risos).

 

Imaginavam que seriam os campeões?

Lucas – Não, mas aí a gente foi passando de fase, e passando… E
quando fomos ver já estávamos na final. A vitória mudou nossa situação
financeira e social, tudo… Do nada a gente não conseguia mais entrar no
shopping.

Orelha – Mostrar nosso trabalho já tava bom. Mas o Brasil nos deu
a vitória.

Aliás, como foi
ganhar?

Como têm lidado com a fama?

Orelha – Olha, hoje na rua em que moro, normal… Graças a Deus, mas
se vou ao shopping, cada batata frita é uma foto (risos).

 

Tem algum show de vocês que foi memorável?

Lucas – Fizemos uma apresentação em Cachoeira do Sul (RS), no ano
passado, para mais de 10 mil pessoas. E foi lindo porque a galera cantava todas
nossas músicas junto com a gente.

Orelha – E também teve outro, em Salvador, também no ano passado,
com a participação  do Thiaguinho, que
foi nosso padrinho no SuperStar. Eram umas 14 mil pessoas cantando a nossa
música.

 

Qual a maior loucura que alguma fã fez por
vocês?

Lucas – A galera fica na porta do hotel até tarde esperando a
gente sair. Tem umas que ficam ligando pra minha mãe pra tentar falar comigo.
Elas descobrem o número não sei como (risos)!

Orelha – Já pediram para tirar uma foto apertando a minha bunda
(risos).

 

Como surgiu a ideia da dupla?

Lucas – A gente saia da aula e ia lá pra casa e ficava ouvindo um
som… Então, mostrei algumas composições minhas. Depois a gente começou a
trabalhar com bandas, fazer back vocal, jogar uns vídeos na internet e aí nos
escrevemos para o SuperStar. Deu tudo certo!

 

Como descobriu a música?

Orelha – Já cantava na igreja desde os nove anos, mas não tinha
interesse em me tornar profissional. Mas aí nos conhecemos no colégio e por
intermédio do Lucas fui pegando gosto… Daí o sonho dele se tornou o meu
também.

 

Estão solteiros ou namorando?

Lucas – Então, tô solteiro faz um tempinho, já. Pode até escrever
aí que estou procurando alguém! (Risos).

Orelha – Namoro há quatro anos a Helena Santana. Ela tá comigo
desde quando a dupla só ralava. Ela ajudava… Às vezes a gente ia viajar, meu
pai dava um dinheirinho e ela completava a passagem. Nada mais justo ela estar comigo
agora, nos bons momentos. Nos conhecemos num final de ano… Meu pai namora a
tia dela, aí ele alugou uma casa na praia e fomos todos juntos. Rolou um clima,
ficamos e no dia 20 de fevereiro assumimos o namoro.

 

Consideram-se românticos?

Lucas – Pô, eu sou um cara bem romântico. Gosto de cantar, tratar
bem a garota…

Orelha – Ah, depende muito. Às vezes sou romântico e carinhoso e
em outras, safado… Vai de momento (risos).

 

O que fazem no tempo livre?

Lucas – Gosto de não fazer nada (risos)! De ir ali com os amigos,
à praia, jogar bola, balada, cinema…

Orelha – Sou mais caseiro, fico jogando vídeo game, namorando,
curtindo a família…

 

Já passaram alguma grande dificuldade?

Lucas – Teve horas que as coisas apertaram de verdade, chegamos a
passar fome! O dinheiro do SuperStar
foi uma benção mesmo. Meu irmão, Wellington Junior, é autista e me ensinou que
o amor está acima de tudo. Hoje consigo dar uma vida melhor a ele e ajudo a
bancar os tratamentos. Ele é minha inspiração pra tudo… Gosta de fazer o bem,
se vê um mendigo na rua, ele corre abraçar, falar que ama. Ele gosta de ajudar…
E já me ajuda por ser quem ele é.

 

Já tiveram alguma experiência mística?

Orelha – Uma vez, estávamos compondo uma música, Dependente, e aí apareceu
um homem e começou a entregar profecias, dizia que a gente ia rodar o Brasil, o
mundo. Logo depois, a produção do SuperStar ligou. Foi muito incrível por que
temos essa crença de que Deus é capaz de nos colocar nos melhores lugares.

 

Advertisement

Recomendas

Famosos

A atriz pornô Stormy Daniels já fez mais de 100 filmes

Curiosidades

Bilionários como dono do Facebook investem em bunkers para se proteger de apocalipse

Esporte

Palmeiras derrotado pelo Atlético Paranaense em Barueri

Esporte

Um novo amanhecer de glória para o Esporte Clube Bahia

Música

Datas de shows de Bruno Mars causam confusão e viram caso de polícia

Últimas

Tudo Sobre

O talento de Bruno Mars, inspirado no deus Marte

Netflix

As complexidades da vida em "Limites", um filme que vai além do convencional!

Esporte

Tite e Flamengo estão muito próximos de um vexame histórico

Cinema

David Corenswet vai assumir o papel principal de Superman

Bombando

A cantora Flora Matos causou revolta nas redes sociais ao comentar sobre as enchentes que devastaram o Rio Grande do Sul, resultando em 90...

Especial para você

Advertisement