Connect with us

Hi, what are you looking for?

Famosos

Flávia Alessandra se inspira em outra personagem para dar vida à Sandra

flavia-alessandra-se-inspira-em-outra-personagem-para-dar-vida-a-sandra

A fluminense está animada em fazer sua terceira megera em novelas. Mas, para conquistar um lugar ao sol, não foi fácil

Tudo em Sandra, a antagonista de Êta Mundo Bom!, move o pensamento do público para um ser do mal. Isso é reafirmado pelas roupas escuras, que se misturam ao tom forte do cabelo loiro da vilã. Diferente de sua personagem, Flávia Alessandra transborda alegria e simpatia. 

Aos 15 anos, ela ganhou o concurso do Domingão do Faustão, que foi o passaporte para integrar ao elenco de Top Model (1989). Mas apenas nove anos depois ela fez sua primeira vilã, a Lívia de Meu Bem Querer (1998). A segunda foi a inesquecível malvada Cristina, de Alma Gêmea (2005). Não é à toa que muita gente brinca dizendo que Sandra é a reencarnação de Cristina. Confira a entrevista que a loira platinada concedeu à MINHA NOVELA. 

Você procurou esquecer a Cristina para fazer a nova vilã?
A Cristina foi um divisor de águas pra mim e não quero matá-la. Quero que ela continue viva, por isso, estou tentando resgatar algumas coisas que tanto encantaram as pessoas na Cristina para fazer a Sandra. Quero que pensem “caraca, uma Cristina nova!”. Mas Sandra é movida por outras sensações, é outro território. Sandra é muito descarada. Para interpretá-la, você tem que estar muito concentrada, porque as cenas são ricas e dão possibilidades pela personalidade da vilã. 
Quais as principais diferenças entre Cristina e Sandra?
Sandra é madura, pragmática e não ama ninguém. Ela tem essa frieza que a separa da Cristina, que era manipulada pela mãe e movida pelo amor. A Cristina era frágil perto da sandra. Talvez ela ame só o irmão, Celso (Rainer Cadete). 
Será que há algo da Flávia dentro de uma pessoa como a Sandra?
Sandra tem um lado irônico que existe em mim, beirando o humor negro que eu tenho, uma coisa debochada… Também é uma mulher prática, assim como eu. Não fico remoendo muito as coisas. 
Como está a sua parceria de vilanias com o Eriberto Leão?
Tomara que eles formem uma boa dupla! A gente tem que se alternar nas maldades (risos). Nós conversamos sobre os nossos “momentos”. Uma hora um fica mais um humano, fragiliza, depois vem a vilania… e assim é a vida (risos). 
Como avalia o trabalho de sua filha, Giulia, em Malhação?

Estou superfeliz pela Giulia. Vejo sempre o desenvolvimento do trabalho dela. Por mais que já tenha feito cursos, é diferente de uma experiência como em Malhação, porque é um exercício constante devido a eles ficarem no ar muito tempo. Aconselho a sugar tudo o que pode. Ela está fazendo bonitinho, feliz da vida, dando conta do recado. Crítica ninguém gosta de ouvir, adolescente então… Tem os momentos em que ela diz “pode falar, e aí?”. Mas são nuances, ela está arrasando. É claro que me emociono com a Giulia atuando e vendo a história que vivi se repetindo. Meu primeiro trabalho na Globo também foi com 15 anos. Ainda mais fazendo uma Lívia, nome de personagens que me marcaram. 
Qual foi o seu maior aprendizado desde a estreia na TV?
Sempre que a gente começa, somos ruins. Tirando Mozart, entre outros gênios, a gente não é bom (risos). Outro dia achei coisas minhas da faculdade e falei: “Deus, como eu era ruim!” (risos) e, depois, a gente vai se aprimorando, sempre vai evoluir.

Advertisement

Recomendas

Esporte

West Ham contrata Luis Guilherme, do Palmeiras, por cinco anos

Esporte

Boston Celtics abre 3 a 0 sobre Dallas Mavericks nas finais da NBA

Tudo Sobre

O mistério do número 60 criado pelos sumérios

Cinema

James Gunn Confirmou: Teremos uma Nova Mulher-Maravilha no Universo DC dos Cinemas!

Esporte

Dois clubes da Premier League estão na briga para levar o goleiro Carlos Miguel

Últimas

Esporte

Vaidebet encerra parceria com o Corinthians após polêmicas e denuncias de fraudes e laranjas

Tudo Sobre

Saiba como descobrir se existe uma traição em seu relacionamento

Saúde

Dona de clinica que realizava procedimento illegal e influenciadora de imagem nas Redes Sociais

Esporte

Beltway, principal acusadora de Lucas Paqueta, patrocina seu time West Ham

Esporte

Título coroa brasileiro e até jornais de Barcelona se rendem ao gigante de Madri

Especial para você

Advertisement