Connect with us

Hi, what are you looking for?

Famosos

Em Velho Chico, o diretor Luiz Fernando Carvalho resgata o romantismo na saga que atravessa gerações

em-velho-chico,-o-diretor-luiz-fernando-carvalho-resgata-o-romantismo-na-saga-que-atravessa-geracoes

Conhecido pela parceria com Benedito Ruy Barbosa, Luiz Fernando Carvalho assina, mais uma vez, a direção artística de uma obra do autor: Velho Chico

A união começou em 1987, na novela Vida Nova. De lá pra cá, Benedito Ruy Barbosa e Luiz Fernando Carvalho colecionaram sucessos como Renascer (1993), O Rei do Gado (1996) e Meu Pedacinho de Chão (2014). Para a nova trama das 9, o diretor aposta no resgate das tradições sertanejas para apresentar um Brasil desconhecido. “O país tem uma dimensão étnica, estética e cultural muito além do que o mercado preconiza. O Brasil é amplo e não se traduz a uma única região”, garante o carioca, que teve de se “virar nos 30” para iniciar a produção às pressas, depois que Sagrada Família, a novela de Maria Adelaide Amaral e Vicent Villari, foi adiada. 

O que Velho Chico irá mostrar?
O Brasil tem uma dimensão étnica, estética e cultural muito além do que o mercado preconiza. O país é amplo e não se traduz numa única região. A novela é um trabalho que não exclui as grandes emoções, através do combate dramático, do colorido, do contraste das pessoas, e essa mistura toda é a nossa riqueza. Quando escolhi Tropicália (interpretada por Caetano Veloso) como música-tema para Velho Chico, não optei pelo valor artístico, e sim por um pensamento bastante lúcido sobre o país, em que todas as camadas se misturam e dão a sensação de atemporalidade. A mensagem que queremos passar é que o sonho está dentro de todos nós. 
Como as histórias permeiam por todo o rio São Francisco?
O rio está morrendo. Mas o amor dos personagens ainda está lá. Ele é eterno e transcendente. Já o rio precisa de procedimentos políticos, de ações reais. A mistura de afeto e abandono forma o Velho Chico. Essa é uma história que buscamos representar o país no atual momento que o Brasil vivencia e o passado: a memória do rio cheio, a fartura, mas também a decadência dos políticos, a esperança, a potencia do sertão. 
As lendas que rondam o Velho Chico estarão na trama?
Naturalmente, ao se aproximar do Brasil, você se aproxima desse imaginário que é muito rico e desconhecido. Com a evolução das mídias, esses aparelhos domésticos ocuparam o lugar dos contadores de histórias, que viviam às margens do rio. Vamos reencontrar parte dessas fábulas, como a do Negro D’Agua. Velho Chico é um melodrama, mas é ainda mais abrangente, por lidar com o mágico. 
Qual foi sua orientação para o figurino e a cenografia?
O figurino é a segunda pele. Ele vai revestir os sentimentos e imaginação do intérprete. É um elemento que não é do ator, e sim da terceira pessoa que vai atravessar o espaço. A minha função é transformar o invisível em visível. O cenário tem a mesma importância na dimensão de sentimentos. Tem que evocar emoção. Fazer isso num Brasil com edificações abandonadas é um desafio enorme. Orientei para não construirmos nada, e sim restaurássemos. Vamos nos deparar com obras de arte na telinha. 
Como foi produzir uma novela como essa em pouco tempo?
Essa foi uma novela emergencial. Só exigi trabalhar com a equipe que havia pensado. Normalmente, uma novela é preparada com dois anos de antecedência. Nós fizemos toda a produção, que requer uma estrutura não apenas com o pensamento estético, mas também operacional, em apenas dois meses. 
Você usou o galpão de ensaios com os atores. Como ele ajudou?
É onde tudo começa e tudo termina. É um espaço sagrado, porque é um local de troca de experiências e construção coletiva. A quantidade de informação que o galpão recebe e troca diariamente, de certa forma, relativiza o tempo e conseguimos fazer a produção em pouco tempo. 
E sua parceria com o Benedito?
Ele sempre me deu liberdade para lançar meu olhar ao que entendia do texto. Sempre foi uma parceria espiritual. O legado que tenho da TV é minha relação com o Benedito.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Você também vai gostar disso

Televisão

A jornalista Poliana Abritta, que apresenta o Fantástico, compartilhou um desabafo após a morte do seu pai, José Martins Ferreira, que morrei de leucemia...

Famosos

A estudante de moda Sasha Meneghel casou com o cantor João Figueiredo, com quem namorava desde abril de 2019. O casal ficou noivo em fevereiro...

Famosos

A jornalista, que atualmente comanda um programa na TV Band, vai ganhar também um programa na BandFM e está de mudança para São Paulo

Famosos

Influenciadora revelou em um vídeo publicado nas redes sociais que vai tentar refazer o casamento com Arthur Aguiar

Famosos

Ex-mulher de Carlos Alberto de Nóbrega revelou que a depressão é uma luta silenciosa e muitas vezes incompreendida por quem não sofre

Famosos

O marido da atriz Glória Pires recebeu alta de hospital onde se internou para tratar da covid em Brasília.

Famosos

Marina Ruy Barbosa desembarcou em São Paulo com um disfarce, após voltar de viagem ao exterior com o novo affair Guilherme Mussi.

Famosos

O ator Tony Ramos recebeu a primeira dose da vacina contra a covid neste sábado (27) em um posto de vacinação no Rio de...

Advertisement