Connect with us

Hi, what are you looking for?

Esporte

Maior evento de base da vela brasileira define campeões no RJ

maior-evento-de-base-da-vela-brasileira-define-campeoes-no-rj

O fluminense Lucas Freitas, de 13 anos, e a gaúcha Melissa Paradeda, de 12, foram os campeões masculino e feminino, respectivamente, da edição deste ano do Campeonato Brasileiro de Optimist, classe de iniciação à vela e conhecida por introduzir crianças e adolescentes na modalidade. O evento terminou no último sábado (16), no Iate Clube do Rio de Janeiro (ICRJ).

O torneio, considerado o principal da vela brasileira na base, reuniu mais de 150 jovens entre seis a 15 anos. Lucas ganhou oito das 12 regatas realizadas e garantiu o bicampeonato da categoria. Em 2020, o garoto venceu a edição disputada em Porto Alegre.

“Durante esse ano [2020], mesmo com a pandemia, treinei muito e tive a oportunidade de correr o Campeonato Europeu na Eslovênia. Tudo isso me ajudou a melhorar tecnicamente”, comentou Lucas, que representou o próprio ICRJ, campeão do torneio por equipes.

Advertisement. Scroll to continue reading.
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação partilhada por Vela do ICRJ (@vela.icrj)

Melissa, por sua vez, concluiu o Brasileiro na décima posição geral e foi a melhor competidora entre as meninas. A jovem da Escola de Vela de Ilhabela (SP) é filha do velejador olímpico Alexandre Paradeda, campeão mundial e pan-americano na classe Snipe.

”No Optimist, o resultado é o que menos importa, mas acompanhar a preparação dela nos últimos seis meses, focada e concentrada em evoluir no nosso esporte foi emocionante”, disse o pai de Melissa. A mãe, Priscila Paradeda, orgulhosa da conquista da pequena, postou uma imagem da filha no pódio.

 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação partilhada por Priscila Paradeda (@priscila_paradeda)

A próxima edição do Brasileiro de Optimist será entre 4 a 18 de janeiro de 2022 no Cabanga Iate Clube de Pernambuco, em Paulista (PE).

Advertisement. Scroll to continue reading.

O barco de Optimist tem 2,34 metros e é utilizado para crianças e adolescentes aprenderem as principais funções de um monotipo. O veleiro suporta até 60 quilos e seu formato impede que a embarcação atinja uma velocidade considerada elevada, o que o torna mais seguro para a modalidade. Entre os velejadores que começaram nesta categoria, estão os campeões olímpicos Robert Scheidt e Martine Grael.

(Agência Brasil)

Advertisement. Scroll to continue reading.

Você também vai gostar disso

Esporte

Fernando Scheffer, de 23 anos, conquistou a primeira medalha da natação brasileira na Olimpíada de Tóquio (Japão). O gaúcho cravou o tempo de 1min44s66...

Esporte

O Corinthians derrotou o Cuiabá por 2 a 1, na noite desta segunda-feira (26) na Arena Pantanal, no jogo que fechou a 13ª rodada...

Esporte

O Brasil marcou presença na disputa do triatlo da Olimpíada de Tóquio (Japão), nesta segunda-feira (26) na Marina de Odaiba, com Vittoria Lopes, que...

Saúde

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) cancelou definitivamente os estudos clínicos da vacina indiana Covaxin no Brasil. Em nota divulgada hoje (26) à...

Esporte

O Juventude derrotou a Chapecoense por 1 a 0, na noite desta segunda-feira (26) no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, em jogo...

Brasil

O presidente Jair Bolsonaro vetou o projeto de lei que torna obrigatória a cobertura pelos planos privados de saúde de tratamentos domiciliares de uso...

Economia

Mesmo com a crise hídrica enfrentada pelo Brasil este ano – o país passa pelo pior nível de chuvas dos últimos 91 anos –...

Economia

Em um dia com poucas notícias econômicas no mercado interno, o dólar abriu a semana em queda com a divulgação de dados sobre a...

Advertisement