Connect with us

Hi, what are you looking for?

Esporte

Dez Anos do 7 a 1: uma década da maior vergonha do futebol brasileiro

O 7 x 1 foi o maior vexame da história das Copas

Neymar, na lista de melhores do mundo, em partida pela seleção brasileira contra a Venezuela
Neymar, na lista de melhores do mundo, em partida pela seleção brasileira contra a Venezuela (Reprodução: Lucas Figueiredo/CBF)

No dia 8 de julho de 2014, o Brasil foi palco de um dos maiores desastres da história do futebol mundial. Em pleno Mineirão, durante a semifinal da Copa do Mundo, a seleção brasileira sofreu uma derrota humilhante para a Alemanha, com um placar final de 7 a 1. Hoje, dez anos depois, essa partida ainda ressoa nas memórias dos torcedores, dos jogadores e dos analistas esportivos.

O Jogo

A partida começou com um ritmo frenético, e logo aos 11 minutos, Thomas Müller abriu o placar para a Alemanha. O que se seguiu foi uma avalanche de gols: Miroslav Klose, Toni Kroos (duas vezes) e Sami Khedira ampliaram a vantagem para 5 a 0 antes mesmo do intervalo. No segundo tempo o selecionado alemão fez um pacto, “aliviar” o ritmo para nao se desgastarem e poupar energias pra final, e ao mesmo tempo nao humilar ainda mais o Brssil e sua torcida. Mas o jovem André Schürrle, que entrou no 2o tempo, não eatava a fim de aliviar, e com pouco esforço marcou mais dois gols. No apagar das luzes Oscar anotou o gol de honra para o Brasil aos 90 minutos.

O Impacto

A derrota chocante não foi apenas uma questão de números. Ela expôs fraquezas estruturais no futebol brasileiro, desde a preparação física até a mentalidade tática. Jogadores que carregavam as esperanças de uma nação, como David Luiz e Júlio César, foram criticados, enquanto a ausência de Neymar, devido a uma lesão nas quartas de final, foi amplamente lamentada.

Repercussões

Após o jogo, o técnico Luiz Felipe Scolari assumiu a responsabilidade pela derrota, mas o estrago já estava feito. A mídia mundial destacou a queda de uma potência do futebol, e o “Mineiraço” foi comparado ao “Maracanazo” de 1950, quando o Brasil perdeu a final da Copa do Mundo para o Uruguai no Maracanã.

Nos anos seguintes, o futebol brasileiro passou por uma fase de introspecção e reestruturação. Houve mudanças na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e uma renovação na equipe técnica e no elenco de jogadores.

Reflexões Dez Anos Depois

Uma década depois, o 7 a 1 ainda é um assunto delicado. No entanto, muitos veem esse episódio como um ponto de inflexão. O Brasil conquistou a Copa América em 2019 e mostrou sinais de recuperação, embora o sonho do hexacampeonato mundial ainda não tenha se realizado.

Para os torcedores, a derrota serviu como um lembrete de que o futebol é imprevisível e que, às vezes, as maiores lições vêm das maiores derrotas. Para os jogadores e técnicos, foi uma chamada à ação para inovar, melhorar e nunca subestimar o adversário.

O 7 a 1 será sempre uma cicatriz na história do futebol brasileiro, mas também é um capítulo que destaca a resiliência e a paixão que definem o esporte no país. Dez anos depois, o Brasil olha para frente, com novas esperanças e lições aprendidas, determinado a recuperar seu lugar de destaque no cenário mundial do futebol.

Advertisement

Recomendas

Música

O ápice da final da Copa América em Miami foi o show de Shakira

Esporte

Com virada sensacional Argentina vence Colômbia e é campeã

Esporte

Seleção Espanhola levanta a taça da Eurocopa 2024 com campanha perfeita

Séries

Cenas devem assustar os fãs e expectadores da série

Esporte

Textor, o "rei dos pipoqueiros", ainda não superou o vexame e fracasso de 2023

Últimas

Séries

Aegon II Targaryen não morreu, mas como será que ficou após ser queimado vivo pelo dragão do irmão Aemond?

Bombando

Donald Trump teria encenado uma armação? Teorias malucas borbulham na Internet

Bombando

Caso Iza e Yuri Lima: Traição, Bafão, Sex0 e tentativa de venda de imagens

Curiosidades

Escândalos e Traições: Famosas que Namoraram Jogadores de Futebol e Foram Traídas

Famosos

Bafão na Web: Ex-Marido de Iza Ganha Apoio Após Polêmica de Traição!

Especial para você

Esporte

Brasil passa sufoco, mas consegue empatar com Colômbia

Esporte

Seleção Brasileira vence a primeira na Copa América 2024

Esporte

Treinador definiu quem estará com ele nos dois amistosos de março

Esporte

Novo técnico do Brasil vai chamar 26 jogadores para dois amistosos

Esporte

Treinador ainda chamou sete atletas pela primeira vez

Esporte

Seleção brasileira saiu atrás do placar, mas reagiu no segundo tempo

Esporte

Endrick marcou o gol da vitória no primeiro jogo da seleção

Esporte

Seleção brasileira encara a Bolívia a partir das 17h (horário de Brasília)

Advertisement