Connect with us

Hi, what are you looking for?

Esporte

Atlético vence Bahia e volta a ser campeão brasileiro após 50 anos

Galo vira duelo em 2º tempo eletrizante e abre 11 pontos para Flamengo

Em virada sensacional, Galo vence Bahia e acaba com maior jejum da história do Brasileirão (Atlético-MG/Divulgação)
Em virada sensacional, Galo vence Bahia e acaba com maior jejum da história do Brasileirão (Atlético-MG/Divulgação)
Bambam afirmou que vai vencer Popó
Esporte

Bambam revela lesões e dispara: “Predestinado a vencer o Popó”

Fluminense perdeu no jogo de ida da Recopa
Esporte

Fluminense sofre com altitude e perde para LDU na Recopa

Galo vira duelo em 2º tempo eletrizante e abre 11 pontos para Flamengo

Cinquenta anos depois, o torcedor do Atlético-MG pode, enfim, comemorar o título brasileiro. Nesta sexta-feira (2), o Galo derrotou o Bahia por 3 a 2 na Arena Fonte Nova, em Salvador, assegurando o bicampeonato nacional por antecedência. Os cinco gols da noite saíram em um segundo tempo eletrizante, com destaque ao atacante Keno, que balançou as redes duas vezes e decretou a virada do campeão.

O Alvinegro foi a 81 pontos e não tem mais como ser alcançado pelo vice-líder Flamengo, que tem 70 pontos e ainda pode chegar a 79. O Esquadrão de Aço permanece com 40 pontos, abrindo a zona de rebaixamento.

Da primeira conquista (em 1971) para cá, os mineiros bateram cinco vezes na trave na busca pelo bi. Em 1977, 1980 e 1999, o Atlético foi à final do Brasileiro, mas foi superado, respectivamente, por São Paulo (nos pênaltis), Flamengo e Corinthians. Em 2012 e em 2015, já na era dos pontos corridos, o Galo foi vice, na ordem, para o Fluminense e novamente para o Timão. Ídolos históricos como Reinaldo (maior artilheiro do clube, com 255 gols) ou Ronaldinho Gaúcho (principal nome da conquista da Libertadores, em 2013) tentaram, mas não conseguiram tirar o Alvinegro da fila.

A espera acabou sob comando do mesmo treinador que levou o time ao título da Libertadores: Cuca. O Atlético assumiu a ponta do Brasileirão na 15ª rodada, ao derrotar o Juventude por 2 a 1, fora de casa, e de lá não saiu mais. Dono do segundo melhor ataque, com 60 gols, atrás somente do Flamengo (67), o Galo ainda tem a defesa menos vazada da competição, com apenas 27 gols sofridos em 36 jogos disputados.

Como esperado, o Atlético se lançou ao ataque diante do Bahia desde os primeiros minutos. Aos quatro, Keno bateu da entrada da área e obrigou Danilo Fernandes a trabalhar. Aos 17, o atacante soltou a bomba de longe, mas o goleiro novamente salvou. Aos 39 minutos, quando o lateral Matheus Bahia errou o tempo de bola, Nacho Fernández invadiu a área pela esquerda e chutou cruzado, parando em outra intervenção de Danilo Fernandes. O Tricolor, mais preocupado com a marcação, aventurou-se pouco à frente. Até finalizou tanto quanto os mineiros (cinco), mas sem perigo à meta do goleiro Everson.

O Esquadrão voltou do intervalo com mais disposição ofensiva e equilibrou a partida, saindo na frente. Aos 16 minutos, o zagueiro Luiz Otávio, de cabeça, aproveitou cobrança de escanteio pela direita e marcou. Quatro minutos depois, Matheus Bahia cruzou rasteiro pela esquerda e o atacante Gilberto completou para as redes, ampliando a vantagem.

Os gols acordaram o Atlético, que voltou a marcar pressão e rapidamente conseguiu o empate. Aos 26, Eduardo Sasha foi derrubado por Luiz Otávio na área. O também atacante Hulk bateu e converteu a penalidade. No minuto seguinte, Keno dominou na entrada da área pela esquerda, levou para dentro e finalizou para vencer Danilo Fernandes. Não parou por aí. Aos 32, o meia Nathan achou Keno na meia-lua. O atacante chutou com a bola no ar e mandou no canto do goleiro tricolor, decretando a virada. Desordenado, o Bahia tentou reagir, mas não o suficiente para estragar a festa alvinegra em Salvador.

O Atlético, já como campeão brasileiro de 2021, volta a campo no domingo (5), às 16h, para receber o Red Bull Bragantino no Mineirão, em Belo Horizonte, onde poderá celebrar o título ao lado da torcida. No mesmo dia e horário, o Bahia tentará a reabilitação diante do Fluminense, novamente na Fonte Nova. As partidas valem pela 37ª rodada do Brasileiro.

(Fonte: Agência Brasil)

Written By

Leitor voraz de tudo sobre esportes e cinema. Escrevo sobre cena musical, shows, tecnologia e cinema. Viciado em 007, Missão Impossível e Universo Marvel desde os '80. Amo futebol no estádio e torcer pelo meu Vascão.

Advertisement

Recomendadas

Tecnologia

Projeções de venda da Nvidia impulsionaram a fé na IA generativa

Bombando

Ator falou abertamente sobre a acusação de agressão

Famosos

Influenciadora está grávida do terceiro filho, mas parece querer mais

Esporte

Legado da família Fittipaldi continua ativo nas pistas mundo afora

Esporte

Importante piloto brasileiro morreu aos 80 anos de idade

Novelas

Novelas

Rapper vai dar vida a um matador e promete muitas cenas agitadas

Novelas

Garoto ficará incomodado com o romance entre Mariana e José Inocêncio

Novelas

Atriz fez texto emocionante para se despedir da personagem

Novelas

Juliana Paes foi uma das poucas atrizes que continuaram na segunda fase

Novelas

Fazendeiro vai visitar a noiva antes do casamento entre eles

Veja outras relacionadas

Esporte

Tricolor das Laranjeiras cansou no fim e levou o gol nos acréscimos

Esporte

Lateral ainda garantiu que vai recorrer da condenação

Esporte

Leão do Pici lamentou o ataque e cobrou punição após o episódio

Esporte

Jogador ainda ficará cinco anos sendo 'vigiado' pela Justiça

Esporte

Glorioso estreia na fase preliminar do torneio e vai em busca da vitória

Esporte

Jogador terá que comparecer ao Tribunal nesta quinta-feira (22)

Esporte

Marcelo Teixeira confirmou que tem o interesse na contratação

Esporte

Com dois a mais, Verdão perdeu a chance de assumir a liderança