Connect with us

Hi, what are you looking for?

Economia

Financiamento imobiliário tem desafios para manter ritmo em 2021

financiamento-imobiliario-tem-desafios-para-manter-ritmo-em-2021

Em meio à crise provocada pela pandemia de covid-19, um setor da economia brasileira encerrou 2020 em ritmo de superação. De janeiro a outubro, os financiamentos imobiliários concedidos com recursos da poupança totalizaram R$ 92,7 bilhões, crescimento de 48,8% em relação ao mesmo período de 2019, segundo os dados da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip).

Beneficiado pelos juros baixos, depósitos recordes na poupança, atuação dos bancos públicos e pela aprovação do programa Casa Verde Amarela,o setor imobiliário ganhou impulso no segundo semestre. No no entanto, enfrenta desafios para manter o crescimento em 2021, como o encarecimento de materiais de construção e as incertezas sobre a recuperação da economia.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Emprego e renda

Outro fator que alimenta uma interrogação em torno do crescimento do mercado imobiliário em 2021 reúne as incertezas em relação à velocidade da recuperação do emprego e da renda. Ao apresentar a projeção de crescimento de 4% do Produto Interno Bruto (PIB) da construção civil em 2021, o presidente da Cbic, José Carlos Martins, classificou de “otimista conservadora” a expectativa da entidade. As avaliações para o próximo ano, no entanto, dividem-se.

O presidente da Comissão da Indústria Imobiliária da Cbic, Celso Petrucci, diz que o déficit habitacional no Brasil e mudanças de comportamento da população depois da pandemia, como a procura por imóveis mais afastados de áreas densamente povoadas, ajudarão a manter aquecida a procura pelos financiamentos imobiliários.

Advertisement. Scroll to continue reading.
Indústrias, fábricas,Obras de construção, edifício sede do SENAI,construção civilIndústrias, fábricas,Obras de construção, edifício sede do SENAI,construção civil

Ritmo da construção civil contribuiu para criar empregos em 2020     (Agência Brasil/ José Paulo Lacerda/CNI/Direitos reservados)

“Todos torcemos pela rápida recuperação na economia, pela queda do índice de desocupação, desemprego e por melhora na renda das famílias. Mas o Brasil tem tanta necessidade de habitação que isso não vem afetando o mercado e não afeta em 2021”, avalia Petrucci. Ele ressalta que o mercado imobiliário conseguiu crescer em 2020, mesmo com o emprego e a renda em queda e que a manutenção da taxa Selic (juros básicos da economia) em 2% ao ano ao longo de boa parte de 2021 continuará a impulsionar os contratos.

Base de comparação

Especialista em mercado imobiliário da FGV, o professor Pedro Seixas não é tão otimista. Para ele, a fraca base de comparação em relação a 2019 levou ao crescimento na concessão de financiamentos em 2020. 

Advertisement. Scroll to continue reading.

Ele diz duvidar se a expansão será sustentável em 2021. “Existe uma retomada, mas a questão é se esse crescimento será sustentável por causa da renda e do emprego. Do ponto de vista pessoal, quem tem dinheiro deve aproveitar os juros baixos e comprar [um imóvel], mas é diferente de dizer que crescimento é sustentável”, analisa.

De acordo com Seixas, o setor imobiliário brasileiro, apesar do crescimento em 2020, está em nível semelhante a 2010. “Essa recuperação tem muito mais a ver com um efeito estatístico do que com uma reversão de tendência. O que determinará a demanda será a velocidade de recuperação da economia”, acrescenta. Para Petrucci, da Cbic, uma eventual estagnação da renda pode ajudar nas vendas no início de 2021 ao inibir as construtoras de repassar o aumento dos materiais de construção para o preço dos imóveis.

Advertisement. Scroll to continue reading.

 

Advertisement. Scroll to continue reading.

Recomendadas

Famosos

Cantora celebrará o amor com o marido em festa para 120 pessoas

Música

Lançamento acompanha videoclipe assinado pelo estúdio carioca

Música

"Tic Tac" já está estourada nas plataformas digitais

Famosos

Os cantores também declararam seu voto nas redes sociais

Música

Compositor dá sugestão: "Apoie Lula e vire herói"

Famosos

Apresentadora deu seu ponto de vista após questionamento de jornalista

Especial para você

Esporte

A equipe rubro-negra foi a 30 pontos e assumiu provisoriamente o quinto lugar, a quatro pontos do Bahia, último time no G4. Os pernambucanos,...

Esporte

O Fluminense saiu na frente do Fortaleza pelas quartas de final da Copa do Brasil. Nesta quinta-feira (28), o Tricolor carioca superou o Leão...

Esporte

O São Paulo abriu vantagem sobre o América-MG pelas quartas de final da Copa do Brasil. Nesta quinta-feira (28), o Tricolor venceu o primeiro...

Economia

Parte das transferências cambiais para o exterior, que ainda não tinham sido adaptadas às normas da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE),...

Economia

A Petrobras atingiu lucro líquido de R$ 54,3 bilhões no segundo trimestre deste ano. O resultado foi anunciado nesta quinta-feira (28), creditado à forte...

Esporte

O Vasco está de volta à vice-liderança da Série B. Nesta quinta-feira (28), o Cruzmaltino derrotou o CRB por 4 a 0 em São...

Saúde

O Brasil registrou, desde o início da pandemia, 678.069 mortes por covid-19, segundo o boletim epidemiológico divulgado hoje (28) pelo Ministério da Saúde. O...

Brasil

O presidente Jair Bolsonaro sancionou sem vetos a Lei 14.424/2022 que autoriza as operadoras a instalarem infraestrutura de telecomunicações em áreas urbanas, caso o órgão competente não se...

Advertisement