Connect with us

Hi, what are you looking for?

Brasil

Maia defende aprovação de PEC Emergencial antes do Orçamento de 2021

maia-defende-aprovacao-de-pec-emergencial-antes-do-orcamento-de-2021

A proposta regulamenta medidas de ajustes nas contas públicas

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou hoje (7) que é necessário aprovar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) Emergencial antes da votação do Orçamento da União de 2021.

A PEC, que tramita no Senado, regulamenta os gatilhos fiscais a serem acionados em caso de ameaça ao limite de despesas do governo. Para o deputado, as atividades do Congresso devem seguir até janeiro para que o texto seja aprovado.

Advertisement. Scroll to continue reading.

“Estou vendo o trem indo em direção ao muro a 700 quilômetros por hora, e vai ser um desastre para milhões de brasileiros, que precisam que se mantenha o equilíbrio fiscal. Temos também um déficit primário que vai pressionar os gastos públicos e uma projeção para o crescimento da dívida pública. Estou vendo de forma racional, é uma matéria difícil. É muito difícil cortar as despesas primárias, mas não há outro caminho que não seja esse”, afirmou Maia.

Vacinação
Maia disse ainda que o país precisa de um plano de vacinação contra a covid-19 e o Poder Legislativo deve definir uma estratégia. “As pessoas vão começar a entrar em pânico se o Brasil ficar para trás nessa questão de ter um plano, uma estratégia clara e objetiva. É bom que isso seja feito com o governo. Eu já disse ao presidente [Jair] Bolsonaro. Mas vamos avançar de qualquer jeito, até porque o Supremo [Tribunal Federal] também vai avançar. E acho que o melhor caminho é que se faça de maneira integrada entre Executivo, Legislativo e, depois, a decisão final do Supremo”, argumentou.

Advertisement. Scroll to continue reading.

O parlamentar destacou que a Câmara deve votar na próxima quinta-feira (10) a Medida Provisória (MP) nº 1003/20, que prevê a adesão ao Instrumento de Acesso Global de Vacinas Covid-19 (Covax Facility). A medida estabelece a liberação de cerca de R$ 2,5 bilhões para viabilizar o ingresso do Brasil nessa iniciativa.

Nesta segunda-feira (7), o presidente Jair Bolsonaro disse que o governo federal oferecerá vacina contra a covid-19 para toda a população de forma gratuita e não obrigatória. “Havendo certificação da Anvisa [Agência Nacional de Vigilância Sanitária] (orientações científicas e preceitos legais), o governo ofertará a vacina a todos, gratuita e não obrigatória”, escreveu em sua conta no Twitter.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Recomendadas

Famosos

Atriz compartilha ensaio no país e seguidores ficam apaixonados

Música

Rapper visita o país com sua turnê "Magic Man World Tour"

Carnaval

Ana Paula Minerato é figurinha carimbada no desfile da escola de samba do Corinthians

Famosos

Empresário abriu sua intimidade em entrevista à revista QUEM

Big Brother Brasil

Agroboy abriu o verbo e surpreendeu os colegas de confinamento

Famosos

Perfil do cantor com com 11 milhões de seguidores foi hackeado na madrugada

Especial para você

Famosos

Youtuber usou as redes sociais para sobre o seu próximo projeto

Famosos

Apresentadora deu seu ponto de vista após questionamento de jornalista

Televisão

Emissora proíbe manifestações políticas de seu elenco

Brasil

O presidente Jair Bolsonaro sancionou sem vetos a Lei 14.424/2022 que autoriza as operadoras a instalarem infraestrutura de telecomunicações em áreas urbanas, caso o órgão competente não se...

Brasil

O Partido Progressistas (PP) oficializou nesta quarta-feira (27) o apoio à candidatura do presidente Jair Bolsonaro à reeleição no pleito de outubro. A votação...

Atualidades

Regina Duarte causou nas redes sociais com a montagem e a legenda

Brasil

A Câmara dos Deputados aprovou, na noite desta quarta-feira (11), por 339 votos a 123, o texto-base da Proposta de Emenda à Constituição (PEC)...

Brasil

O presidente da Câmara, deputado Arthur Lira (PP-AL), decidiu antecipar para a noite desta quarta-feira (11) o início da votação da Proposta de Emenda...

Advertisement