Connect with us

Hi, what are you looking for?

cuidado:-google-salva-tudo-que-voce-faz-na-web
cuidado:-google-salva-tudo-que-voce-faz-na-web

Atualidades

Cuidado: Google salva tudo que você faz na web

Contas novas do serviço terão dados apagados automaticamente após 18 meses; Usuários antigos podem configurar serviço manualmente

A gigante da tecnologia Google anunciou na última quarta-feira (24) uma novidade para contas criadas no serviço a partir de hoje terão seus dados automaticamente deletados a cada 18 meses ao ativarem o histórico de localização ou a atividade na web e de apps.

O usuário ainda pode escolher desativar a ferramenta de auto-exclusão ou encurtar o “prazo de validade” de seus dados para três meses. A ferramenta auto-delete permite deletar do histórico do usuário perguntas feitas à Google Assistente e atividades em sites e aplicativos do Google (como YouTube e Google Maps).

Os serviço de apagar este histórico não inclui conteúdos no Gmail, Google Drive e Google Fotos. Para usuários antigos nada muda. Estes podem habilitar a função manualmente desde o ano passado. A empresa promete notificar os usuários antigos por e-mail sobre esses recursos às contas já existentes no Google.

Advertisement. Scroll to continue reading.

O Google anunciou ainda que o histórico de pesquisas e vídeos assistidos do YouTube será apagado automaticamente a cada 36 meses. Mas quem quiser pode acessar os ajustes da conta, entrando na seção Minha Conta para escolher entre deletar os dados do site de vídeos a cada três ou 18 meses.

O google garante que o YouTube continuará recomendando conteúdos relevantes aos gostos de cada internauta mesmo após a exclusão de informações.

O CEO do Google e da Alphabet Sundar Pichai enviou mensagem nas redes sociais oficiais da empresa declarando que é um desafio hoje em dia criar novos produtos úteis com menos dados. O CEO garante ainda que a empresa não vende dados de usuários, e apenas os usa para exibir anúncios relevantes.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Atividades em serviços pessoais, como Google Drive, Google Agenda e Gmail, não são usadas para publicidade e não são deletadas pela função nova, segundo informa o CEO. O Google, assim como o Facebook, tem sido alvo de debates e investigações do próprio governo sobre privacidade e o uso de dados dos seus usuários e clientes.

Advertisement. Scroll to continue reading.
Advertisement