Connect with us

Hi, what are you looking for?

Atualidades

Covid-19: Pazuello e Fiocruz discutem como acelerar produção da vacina

covid-19:-pazuello-e-fiocruz-discutem-como-acelerar-producao-da-vacina

Pasta da Saúde “corre” para acelerar processo, diz ministro

O ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, e a presidente da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Nísia Trindade Lima, discutiram hoje (31) formas de acelerar o cronograma da produção da vacina contra a covid-19 no Brasil. A vacina resultará de acordo entre a Fiocruz, a empresa biofarmacêutica global AstraZeneca e a Universidade de Oxford.

A parceria prevê a assinatura, na primeira semana de setembro, de um acordo de encomenda tecnológica e desenvolvimento de uma plataforma para fabricação de outras vacinas, como a da malária.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Anunciado em 27 de junho pelo Ministério da Saúde, o acordo resulta de tratativas entre os governos do Brasil e do Reino Unido. O governo federal liberou crédito extraordinário de R$ 1,9 bilhão para produção e aquisição da vacina contra a covid-19 produzida pelo laboratório AstraZeneca e Universidade de Oxford. Pelas previsões, as primeiras doses da vacina contra a covid-19 deverão ser distribuídas no início de 2021, por meio do Programa Nacional de Imunização (PNI), que atende o Sistema Único de Saúde (SUS).

No encontro com a presidente da Fiocruz, Pazuello disse que o ministério corre para acelerar o processo e disponibilizar, o mais rápido possível, a vacina que imunizará os brasileiros contra a covid-19.

Advertisement. Scroll to continue reading.

“O governo está investindo todos os esforços para entregar à população uma vacina segura e eficaz, com todo o cuidado e zelo necessários para a vida dos brasileiros.”

Inicialmente, deverão ser produzidas 100 milhões de doses a partir de insumos importados. A produção integral da vacina na unidade técnico-cientifica Bio-Manguinhos tem início estimado para abril do próximo ano.

Segundo Nísia Lima, a Fiocruz está mobilizando todos os recursos tecnológicos e industriais de que dispõe para que a população tenha acesso à vacina no menor tempo possível.

Advertisement. Scroll to continue reading.

“Estamos conversando com a Anvisa [Agência Nacional de Vigilância Sanitária] e parceiros tecnológicos com o intuito de reduzir os prazos de produção, registro e distribuição da vacina”, disse Nísia.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Recomendadas

Música

Cantor usou as redes sociais para confirmar sua turnê em 2023

Famosos

Pentacampeão e comentarista tocou no assunto no podcast ‘Um assado para’

Famosos

Esposa do apresentador Felipe Andreoli abriu o coração nas redes sociais

Televisão

Isabela Camargo não conseguiu se segurar em entrada ao vivo no "Em Pauta"

Cinema

Irene Cara era atriz e cantora vencedora do Oscar por hits como o do filme Flashdance

Famosos

Atriz encantou fãs e ganhou elogios na tarde de sexta (25)

Especial para você

Atualidades

Segundo especialista em Medicina do Sono, noites bem dormidas estão diretamente relacionadas a produtividade no trabalho e na vida pessoal

Famosos

Influenciadora carioca comemora o sucesso nas redes sociais

Bombando

Pesquisa exclusiva revelou os principais fetiches dos brasileiros

Atualidades

Um clássico da coquetelaria que, de tão popular, ganhou uma data comemorativa: 19 de outubro é o Dia Internacional do Gin Tônica

Música

Rolling Stone Music&Run acontece dia 19 de novembro no Memorial da América Latina em São Paulo

Saúde

87% dos brasileiros afirmam já terem sentido ansiedade ou pressão sexual

Saúde

Qualidade do sono, além de outros fatores, são fundamentais para a saúde capilar

Atualidades

Buddha Spa implementa terapia na rede e possibilita a adoção do novo protocolo utilização nacional e internacionalmente

Advertisement