famosos   / Inquérito

Marido de Caroline Bittencourt receberá perdão judicial segundo advogado

Empresário foi indiciado por homicídio culposo no caso investigado pela polícia civil

Bruno Silva Publicado quarta 8 maio, 2019

Empresário foi indiciado por homicídio culposo no caso investigado pela polícia civil
Jorge Sestini mesmo indiciado por homicídio culposo deve receber o perdão judicial - Reprodução Instagram

O empresário Jorge Sestini, que participou de maneira trágica de todos os eventos que levaram à morte da modelo Caroline Bittencourt, sua esposa, deve receber um perdão judicial no caso. Jorge, que foi indiciado pela polícia civil no inquérito do caso por homicídio culposo não deve ser culpado, segundo informações do jornal Extra.

O empresário deve receber perdão judicial, que acontece quando existe a compreensão de que a consequência da infração atingiu, de forma tão grave, o autor, que a pena se torna desnecessária.

“Uma vez que existam elementos suficientes, o promotor é obrigado a oferecer a denúncia. Nesse caso, houve indícios e ainda a materialidade do crime, o óbito de Caroline. Depois disso, o juiz vai receber essa denúncia e haverá um processo. Apenas ao final desse processo, mesmo se o autor for condenado, é possível que ele não cumpra pena, aplicando o princípio do perdão judicial”, chegou a explicar o advogado Fábio Manoel, em entrevista para o veículo.

O delegado Vanderlei Pagliarini, responsável pelo inquérito, chegou a afirmar ao programa  'A Tarde é sua' de Sônia Abraão que as investigações de tal caso podem ser concluídas em até 30 dias.

Último acesso: 18 Jan 2020 - 08:20:52 (1049147).