famosos   / Pensão Alimentícia

Humorista Carlinhos 'Mendigo' é procurado pela polícia

Comediante que fez parte do programa 'Pânico' está devendo pensão à ex-mulher Aline Hauck

Bruno Silva Publicado terça 17 setembro, 2019

Comediante que fez parte do programa 'Pânico' está devendo pensão à ex-mulher Aline Hauck
Carlinhos Silva, o 'Mendigo', é procurado pela polícia por dívida de pensão alimentícia - Divulgação

O comediante Carlinhos Silva, mais conhecido pelo público como 'Mendigo' por conta do personagem que interpretava no programa 'Pânico na TV', está sendo procurado pela polícia e é considerado foragido.

Carlinhos está devendo, pelos cálculos da justiça, na casa dos 700 mil reais em pensão alimentícia para a ex-mulher Aline Hauck. Aline e Carlinhos são pais de Arthur, que está com oito anos.

A polícia expediu um mandado de prisão para o 'Mendigo' em fevereiro deste ano, e desde então, o comediante é considerado foragido.

Carlinhos deu uma entrevista ao vivo no programa 'Fofocalizando' do SBT sobre o caso. Segundo ele, tanto a mãe do garoto quanto a Justiça querem vê-lo preso.
 
"Eu tenho dois acordos assinados que não foram cumpridos", disse. "A última vez que falei com vocês estava com um mandado de prisão, fiz um acordo rápido com ela, paguei as pendências, ia recomeçar a ver meu filho, e ela não deixou eu ver o meu filho. E parei de mandar pensão de novo. Por quê? Porque não existe penitência para mulher"
, afirmou.

"Verdade só tem uma! E aí? Minhas verdades, com as provas que alguns veículos que eu também falei não mostraram. Sempre foi desgastante desde o nascimento do meu filho, acompanhem as datas de posts, etc. Obrigado por me entenderem e, principalmente pelo carinho e orações! Desculpem meu jeito maluco e rebelde”, disse ainda.

O humorista ainda revelou que a mãe o impediu de ver seu filho mesmo depois que ele se propôs a pagar uma quantia, qu enão foi aceita por ela. Carlinhos citou trechos da Bíblia e desabafou:

“Desde que aceitei as verdades, analisando pela palavra de Deus, fui liberto, pois eu estava errado em outros pecados, mas jamais, nesse, pois já havia me comprometido com ele. Questionava a Deus o porquê. De que vale a pena ser justo, Senhor, de que adiantou eu ser alguém na vida, se me tiraram o que me foi tirado quando eu era uma criança de 4 anos? E em meus sonhos, era tão lindo o que imaginei para mim junto ao meu filho”.

Último acesso: 20 Feb 2020 - 18:17:58 (1051142).