Kirk Douglas, lenda do cinema, morre aos 103 anos

Ator foi um dos maiores nomes da história do cinema

Bruno Silva Publicado quinta 6 fevereiro, 2020

Ator foi um dos maiores nomes da história do cinema
Kirk Douglas recebe um beijo do filho Michael Douglas - Reprodução Instagram

O mundo do cinema acordou mais triste nesta quinta-feira (6). Kirk Douglas, um dos maiores nomes e verdadeira lenda do cinema, faleceu aos 103 anos de idade.

Kirk foi forte na vida como foram alguns dos seus legendários personagens da era de ouro de Hollywood, como Spartacus e Moisés. O ator sofreu um AVC e desde 1996 lutava com problemas de saúde e levou sequelas do episódio. Em sua brilhante carreira como ator, Kirk Douglas cravou seu nome em obras que ficarão eternamente na memória dos cinéflios, como Spartacus e Glória Feita de Sangue, entre outros. Kirk foi indicado a três Oscars de melhor ator, por Sede de Viver (1956), Assim Estava Escrito (1952) e O Invencível (1949). Em 1996, ele recebeu um Oscar honorário, por estar há 50 anos sendo uma força criativa na comunidade cinematográfica

O premiado ator Michael Douglas, um dos filhos de Kirk, fez um anúcio nas redes sociais e se despediu do pai com um texto emocionante:

"É com tremenda tristeza que eu e meus irmãos anunciamos que Kirk Douglas nos deixou hoje aos 103 anos. Para o mundo ele era uma lenda, um ator da era de ouro dos filmes que viveu bem em seus anos dourados, um humanitário cujo compromisso com a justiça e as causas que ele acreditava estabelecer um padrão para todos nós aspirarmos.

Mas para mim e meus irmãos Joel e Peter ele era simplesmente pai, para Catherine, um maravilhoso sogro, para seus netos e bisneto, seu avô amoroso, e para sua esposa Anne, um marido maravilhoso.

A vida de Kirk foi bem vivida, e ele deixa um legado no cinema que perdurará por gerações vindouras, e uma história como um filantropo de renome que trabalhou para ajudar o público e trazer paz ao planeta.

Deixe-me terminar com as palavras que eu disse a ele em seu último aniversário e que sempre permanecerão verdadeiras: Pai, eu te amo muito e tenho muito orgulho", escreveu Michael Douglas.

Último acesso: 05 Apr 2020 - 16:20:07 (1051919).