atualidades   / Investigação

Diretor da PF desmente Bolsonaro e revela investigação contra o filho Flávio

Carlos Henrique Oliveira, atual diretor executivo da instituição, deu depoimento na quarta-feira (13)

Bruno Silva Publicado sexta 15 maio, 2020

Carlos Henrique Oliveira, atual diretor executivo da instituição, deu depoimento na quarta-feira (13)
Presidente Bolsonaro afirmou que não tem nenhum filho investigado pela PF - Reprodução
Gostou dessa? Clica aqui

A investigação em curso sobre a suposta interferência política do presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal está colhendo depoimentos e analisando provas factuais do processo.

Na última quarta-feira, o atual diretor executivo da PF Carlos Henrique Oliveira, que é o segundo na hierarquia da instituição, deu um depoimento que esquentou ainda mais o teor da investigação.

Oliveira confirmou que a PF mirou familiares de Jair Bolsonaro em investigações. Ele ressaltou ainda que o inquérito era de "âmbito eleitoral e foi relatado sem indiciamento". Trecho do depoimento dado por Oliveira afirma:

"Perguntado se tem conhecimento de investigações sobre familiares do presidente nos anos de 2019 e 2020 na SR/PF/RJ (Superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro) disse que tem conhecimento de uma investigação no âmbito eleitoral cujo inquérito já foi relatado, não tendo havido indiciamento".

O depoimento de Carlos Henrique Oliveira complicad ainda mais a defesa do presidente Bolsonaro, que afirmou na terça-feira (13) que ninguém de sua família é investigado pela Polícia Federal, quando perguntado sobre fatos ocorridos na reunião ministerial de 22 de abril, cujo vídeo foi entregue na íntegra ao STF.

Último acesso: 06 Jun 2020 - 12:12:04 (1052135).